Pode parecer uma frase fria e dita de forma direta, porém é a realidade da pior década da história do Inter. Erros e mais erros cometidos, manchetes policiais, suspeitas e um clube que maltrata o seu torcedor.

O clube apareceu mais por fatores fora de campo do que pelo seu futebol dentro dele, é praticamente impossível separar os resultados com as brigas internas. Tentou se reinventar a roda, colocaram-se rótulos em jogadores e mesmo assim as coisas continuaram a desandar.

A instituição Sport Clube Internacional é gigantesca, sua história nunca será apagada, mas o time hoje é pequeno e como torcedor me dói ver no que transformaram o vermelho e branco as margens do Guaíba.

Mais de quarenta anos sem um titulo brasileiro, mais de trinta anos sem uma copa do brasil, mais de dez sem um titulo de expressão, campeonato gaúcho nem em finais o time consegue chegar.

E estamos sempre achando justificativas para isso, nos roubaram, o outro time teve benefícios, isso ou aquilo, sempre existe um inimigo invisível agindo contra o time, mas a culpa nunca é do Inter. E talvez começar a compreender a culpa do clube em todos os fracassos seja o primeiro passo para retomar o caminho das vitorias.

Essa falta de profissionalismo está custando o bem mais precioso do clube, o torcedor! Time que é bagunçado que cai pra segunda divisão e não conquista títulos, não faz novos torcedores.

Estão dilapidando o que mantem o clube vivo, uma torcida cada vez mais sofrida e sem esperanças. Que insiste, mesmo em meio a tanta vergonha apoiar o time nos momentos em que ele mais precisa, é uma crueldade sem fim o que dirigentes irresponsáveis estão fazendo.

Ao torcedor resta respirar fundo e esperar o próximo vexame, que nuca para, vem em sequências assustadoras, a tristeza faz parte da rotina dos colorados. Juntar os cacos é a palavra que todos usam, o Grenal está no horizonte e espera-se reação imediata, por mais que os sinais mostrem o contrário.

Vamos continuar apoiando, cantando e acreditando no Colorado, mesmo que dirigentes irresponsáveis insistam em destruir o clube. Para nós que acreditamos e amamos as cores vermelha e branca, nunca deixemos que a esperança acabe, continuaremos a acreditar e passar adiante a história deste clube grandioso.

Mesmo que nesses últimos anos tentem nos diminuir, não se pode quebrar o sentimento do torcedor colorado, vamos nos reerguer, como o gigante sobre as águas e continuaremos a fazer história! 

Pablo Danielli

Imagem: google.com

Deixe seu Comentário